Blog de Rede Multiplicadora

Aula de Combate

REDE RS – Maio/2017

Embasados pelo encontro da Rede Rio Grande do Sul que trabalhou com atividades voltadas para as lutas, a E.M.E.F. Francisco José Barbosa localizada em Canguçu/RS, está trabalhando com a vivência do judô, desde a parte teórica até a competição entre as turmas. Os alunos adequaram regras para que ficasse mais fácil a prática de tal esporte. Além do Judô, está sendo trabalhado com a capoeira, os quais farão parte do VI Festival de Esporte Educacional que a escola organizará com os alunos no final deste semestre. A diversidade esportiva caminha lado a lado nas aulas de Educação Física, pois, acredita-se que além de ampliar o conhecimento, também aumenta o gosto por práticas diferenciadas. Especialmente no judô, os alunos demonstram muito mais que habilidades motoras, fazem valer toda cultura e respeito envolvidos nesta vivência, levando para fora da escola tudo o que aprendem.blog

Aula de Esporte Educacional

REDE AL – Maio/2017

Os professores Guttemberg costa tavares / Rosivaldo de Souza, na Escola Municipal de Educação Básica  Professora Maria Rocha Santos,  município de Coruripe, em suas aulas de Esporte Educacional, desenvolveram o Jogo do grupo dos três coletes: Todos os alunos juntos, a atividade permitia os mesmos trabalharem os Princípios do Esporte Educacional.blog

Trabalhando a Inclusão

REDE – AL, Taquarana – maio/2017

Nas suas aulas de Esporte Educacional, a- professora Gilvonete Barbosa de Oliveira Farias desenvolve com seus alunos a atividade Passe a bola com o objetivo de trabalhar a inclusão da turma, desenvolvendo o movimento corporal, a agilidade, e concentração dos mesmos. BLOG

Lutas na Escola

REDE RS – Abril e Maio/2017

Nas aulas de Esporte Educacional, a professora Flávia Poersh da E.M.E.F. em Tempo Integral Professor Valdir Castro localizada no município do Rio Grande, realizou na turma de quarto ano, atividades adaptadas de lutas. Na oportunidade foram propostas atividades recreativas de empurrar, puxar, deslocar, provocar o desequilíbrio do parceiro; tentar retirar fitas e prendedores do colega; cabo de guerra; boxe adaptado; esgrima com espadas de jornal, e vídeos, tendo como objetivo proporcionar a reflexão e compreensão de que luta não é briga (violência), melhorando o aspecto afetivo-social, bem como trabalhar as habilidades motoras pertencentes nas lutas de maneira lúdica.

blog

Indio e Cultura Infantil

REDE RS – ABRIL/2017


Professora: Fabiane Wille 
Municipio: Pelotas 
 No período da semana das festividades do dia do índio, procurou –se de forma lúdica, prazerosa e de pesquisa conhecer mais sobre a cultura, crenças e lazer dos povos indígenas, através dos princípios do esporte educacional sempre presentes na realização dessas ações como; a inclusão , participação ativa, construção coletiva, respeito a diversidade e rumo a autonomia, onde foram realizadas pinturas em desenhos, maquiagem e cabelo, caracterização nos pequenos, abordar e conhecer as palavras do seu próprio vocabulário, elaboração de pratos típicos como a canjica e bolo de fubá, exposição dos materiais indígenas e confecção, cartazes e cocares, painéis dos trabalhos realizados, vídeos e um relato do cacique e as brincadeiras como sol e lua, musicas dos tambores, jogos simbólicos de nadar, caçar, lançar, brinquedos variados; os alunos apresentaram interesse e curiosidade na execução dessas ações metodológicas desenvolvidas, valorização do índio curumim como uma criança que brinca; compreender o índio como um ser humano da sociedade com potencial e diferenças em seus hábitos e tão desvalorizado nos dias de hoje, resgatando sua rica cultura e crenças, cooperação do grande grupo para atingir o objetivo de aprender vivenciando o mundo


blog

Jogos e Brancadeiras

REDE RS – MAIO 2017


Nas aulas de Esporte Educacional, a professora Elisabel Coutinho na EMFE Cidade do Rio Grande, realizou através de jogos e brincadeiras atividades para desenvolver noção de quantidade através das diferentes cores. A atividade foi realizada com os alunos de nível I e nível II da educação infantil e desenvolveu atenção e agilidade.

BLOG

Aula de Esporte Educacional

Rede Alagoas – Maio/2017


 O Professor Eleandro Eduardo da Silva Oliveira, da EMEF Divonete Cavalcante de Albuquerque, orientado pelos Princípios do Esporte Educacional, desenvolve a atividade de Pular corda tradicional com o objetivo de Incluir todos, os alunos mais habilidosos deveriam ajudar os menos habilidosos e iniciantes, para conseguir contemplar os objetivos.

 BLOG

Aulas de Lutas

REDE RS – Maio/2017

A professora Carla Bernardi da EMEF Almirante José Saldanha da Gama, no Município do Pelotas, em suas aulas de Esporte Educacional, está proporcionando nas aulas de Educação Física, vivências de diferentes modalidades esportivas de luta. Na oportunidade, os alunos experimentaram essa vivência da luta, pensando no colega como opositor, adversário e não um inimigo. Os alunos, em conversa posterior, comentaram que foi muito interessante, gostaram de medir forças e aprender coisas novas. Fortalecendo que muito além da experiência esportiva, está a contribuição para a formação cidadã.

BLOG

Aula de Esporte Educacional

REDE PE – Junho/2017 - Jaboatão dos Guararapes – PE


A Professora Alcione Cunha  da  Escola Municipal Marízia dos Santos Melo, junto com os alunos dos 5, 6 e 7  anos, realizou a culminância do Projeto “Repensando os Espaços Públicos de atividades Físicas”. Os alunos fizeram uma análise dos Espaços disponíveis na Escola e como eles poderão ser preenchidos para melhorar a prática esportiva da comunidade escolar. Em debates e Rodas de conversas, os alunos escolheram como gostaria que ficasse a escola, idealizaram uma exposição de maquetes com as melhores ideias, criaram um abaixo assinado  e enviaram junto com a Maquete para o setor de Engenharia da Prefeitura da Cidade, solicitando a concretização do Projeto almejado por eles.

 BLOG

REDE NITERÓI - JUNHO – 2017

A professora Valéria Orrico, da escola Municipal Teotônio Vilela Conjunto Esperança na Maré-RJ, trabalhou o jogo “Escravos de Jó” em sua aula com crianças de 6 a 9 anos. O objetivo foi exercitar o jogo utilizando memória e ritmo musical, com base nos princípios do esporte educacional da rede de parceiros multiplicadores do projeto PETROBRÁS.

Mesmo sendo um jogo conhecido, a professora pode criar algumas variações, com base no esporte educacional. Em roda, com um objeto para cada criança foi usada a música “Escravos de Jó” para troca de objetos. “Aquele que errar ganha um Rá, pois a ideia não foi eliminar e sim aprender a memorizar e aceitar que o outro pode errar; assim cada um terá 5 chances Rá, ré, ri, ro, rua”.



atividade_com_cones_foto_blog_ok

Divulgar conteúdo