No dia 24 de setembro aconteceu o sexto módulo de Formação do Projeto Rede de Parceiros Multiplicadores de Esporte Educacional em Duque de Caxias, com a presença dos diretores, gestores e professores dos município. Com o patrocínio da Petrobras e realização do Instituto Esporte e Educação.

Iniciamos o encontro questionando os participantes se utilizam jogos na sua prática pedagógica e como fazem para escolher os jogos. Instigamos os participantes para um diálogo com perguntas sobre os bons jogos da infância e quais sensações traziam. Relacionamos os jogos listados com os conteúdos de Esporte educacional e apontamos a possibilidade do jogo como um bom recurso para o ensino do esporte. Explicamos que na pedagogia do esporte e na visão dos professores vale a premissa de que não jogamos apenas por jogar, mas sim para aprender. Portanto o ensino dos jogos deverá atender aos princípios do esporte educacional. Logo seguida realizamos jogos com os participantes para exemplificar os conceitos debatidos, refletimos se os jogos era bom e perguntamos se caso não fosse quais critérios teriam que ser respeitados.

Em seguida apresentamos os critérios da escolha de um bom jogo e o conteúdo Sistema PROTEGE. Mostramos que o Sistema PROTEGE representa as variáveis que podem ser realizadas para qualificar as ações dentro do planejamento pedagógico e pode contribuir na prática de ensino do esporte educacional antes e durante as aulas. Com o termino das explicações e esclarecimento das dúvidas, separamos os professores em sete grupos e demos a tarefa de cada grupo desenvolver o jogo Amarelinha utilizando as variáveis do sistema PROTEGE com o objetivo de respeitar os critérios da escolha de um bom jogo. Vivenciamos todas as variações realizadas pelos grupos refletindo ao termino de cada para esclarecimentos a partir dos debates que iriam surgindo. E encerramos o encontro com a avaliação do encontro.